Filme preferido da Infância

Oláá todo mundo!! Certa vez vi em um blog (lamento não lembrar qual foi) esse tema e não tive o menor trabalho em pensar qual foi o meu filme preferido da infância.

Quando criança, eu e meu irmão assistíamos a muuuuitos filmes, lembro da gente no quarto dos nossos pais vendo comendo alguma coisa, acabava o filme, a gente rebobinava a fita (sim, sou da época do VHS) a assistia tuudo de novo. Mas sempre tem aquele que você ama imensamente, que pode passar 10 milhões de vezes que vai assistir e não vai se cansar.

Qual o filme? Qual é?

 

Impossível não me apaixonar por essa aventura maravilhosa do grande Steven Spielberg. Caça ao tesouro, mistérios, piratas e caverna. Não é atoa que um dos maiores sonhos era entrar numa caverna, me sinto no filme quando passeio por uma hehe. Ele te prende de uma forma inexplicável. É apaixonante e até hoje sei as falas de cor.

Como não se encantar pelo Gordo? Querer ser a Andy e rolar de rir do Bocão?

Quem tinha nervoso quando o Mickey levantava o tapa olho do Willy Caolho? Ficava tensa com as armadilhas no meio do caminho? Adorava quando a Andy confundiu o Brand pelo Mickey (safadeeenhas)? Levantava e brincava de espada com o irmão/amigo/sozinha na hora do navio pirata?

Lembro uma vez, minha prima era pequena veio dormir aqui em casa e eu disse pra ela: Hoje vamos ver o filme que eu mais gostava quando era criança! Ela assistiu atentamente, analisando porque era o meu preferido. E entendeu \o/

Ano passado ele comemorou 30 anos e foi lançado o livro do filme, que eu com certeza comprei 🙂 Lógico que a edição especial capa dura com direito ao mapa do tesouro do Willy Caolho.

117688451_2gg

Olha como estão os atores hoje!! Nota que o Bocão tá a mesma cara!

Antes e depois dos atores

E claro, pra encerrar, a música tema, da Cindy Lauper, que ficava na cabeça, a gente cantava do nosso jeito louco: “Ioioioioioioio”. Não coloquei na lista das trilhas sonoras preferidas pois estava separada pra esse post HEHE Mas é uma das minhas preferidas, mais pelo contexto do que a música em si.

 

E ai, quem é dessa época? Curtiam esse filme? Corriam pra TV quando passava na sessão da tarde? Se nunca viu, corre, prepara a pipoca e assiste!!

Muito amor por esse filme!

Beijos amores

5 livros que quero comprar na Bienal/SP | BEDA #20

Olá amigos lindos, Bienal/SP se aproxima e com ela a expectativa de que livros vou querer comprar. Tenho lido bastante resenha, acompanhado novidade no Instagram e no YouTube. Confesso que tá difícil.

Com a crise braba preciso segurar um pouco, mas um pouquinho dá né. Quem sabe não consigo uns baratinhos hehe.

Selecionei cinco livros que MUITO comprar nessa Bienal, que já venho procurando faz tempo. E lançamentos que estou louca.

1 – Extraordinário

303917

2 – Zumbis Vs Unicórnios

165164_large2

 

3 – O Amor nos Tempos de #Likes

o-amor-nos-tempos-de-likes

 

4 – Mordida

mordida

 

5 – Cabeças de Ferro

cabe25c325a7as2bde2bferro

 

Então, esses são meus livros pra ontem! Espero conseguir comprar, tanto pelo preço, ou por achar, quanto por (principalmente) conseguir entrar na editora. Acho incrível como que pode a Record e a Intrínseca ficarem TÃO cheias a ponto de ter uma fila enooorme. É lindo ver tanta gente querendo livros 🙂

E você, quais livros estão doidos pra terem logo nas mãos? Conta aí!

Já leu algum desses?

Ah…!! E uns livrinhos de colorir também faz bem né?

Beijos enooormes..

beda

 

 

Sete sentimentos, sete livros (vídeo) | BEDA#18

Olááá todo mundo!! Depois de dias sem voz, finalmente consegui gravar vídeos (e já gravei um monte pra compensar hehe)

Hoje mais uma vez vamos falar de livros, e essa TAG linda nos dá sete sentimentos e escolhemos sete livros que despertou cada uma delas.

Afinal, a maior graça de ler é despertar na gente sentimentos ❤

 

Espero que tenham curtido!! Mas diz aê, que livros te despertou esses sentimentos?

 

Beijos enooormes

 

beda

TAG: Sete Pecados Literários (Vídeo)

Olá todo mundo!! Ontem foi ao ar mais um vídeo para o meu canal no Youtube, mais uma TAG: Sete Pecados Literários 🙂 Nessa TAG literária a gente escolhe um livro para cada pecado capital. Achei super divertida de responder. Achei que essa seria a última, mas fui indicada pela Naty Assis a responder mais uma TAG literária e já avisei que vai ser mais para o mês que vem pois estou trabalhando em um novo vídeo com outro tema, para dar um descanso das TAGs literárias (embora AME falar sobre livros!!). E também porque é um assunto que quero abordar a partir de agora (qual será??).

Enfim, espero que gostem do vídeo, resolvi me aventurar e explorar mais o programa de edição e brincar com alguns recursos. Lá eu marquei uns amigos blogueiros e estarei aguardando as respostas hein HEHE..

Fiquem com o vídeo 😉

Sobre 2015

Ano acabando e nada como uma postagem coletiva do “Projeto Vai um café? Existe Amô na Blogosfera, SIM”, grupo cheio de gente fofa. Todo mundo junto falando sobre 2015 🙂

Vamos lá?

IMG_7463

Na foto: eu no Aquário Natural Baia Bonita, em Bonito/MS

– “5 fatos importantes de 2015”

1 – Diminuição da carga horária no trabalho (o dinheiro diminuiu, o estresse também)

2 – Viajar para Bonito/MS ( e de cara conhecer pessoas fantásticas)

3 – Conhecer a Meg Cabot (dia até comentado aqui no blog)

4 – Levar o Blog a sério (siiiiiiiiiiim)

5 – Dar início ao meu projeto pessoal (que também é meu sonho, meu futuro e o maior fato da minha vida)

– “5 coisas que 2015 me ensinou”

1 – Dinheiro não é prioridade na vida, sabendo se ajustar e se organizar a gente consegue viver bem ganhando menos

2 – Certas pessoas não valem a pena. Ficar sozinha não doí, a vida é bela e a felicidade não se resume em uma coisa só. Aliás, a felicidade é algo que vem de dentro

3 – Colocar para fora aquilo que sente faz realmente bem. Brigar às vezes não mata (aí eu volto ao aprendizado número dois)

4 – A gente pode mudar sempre que quiser, não estamos presos a um destino. Nós que fazemos nosso caminho, embora cada um tenha sua consequência. Se a vida está chata, vamos mudar. Pode não ser rápido, talvez tenhamos que ficar nessa mais um tempinho até tudo se acalmar, mas podemos mudar sempre!

5 – Nossos sonhos vão dar certo, só depende de nós mesmos, é só correr atrás que tudo vem

E eu vou burlar a regra das cinco coisas e fazer seis, HAHAHA

6 – Certas pessoas valem a pena, merecem segunda chance e todos nós temos que permitir perdoar e tocar em frente (vamos contar que percebi isso no final deste ano, ainda não resolvi completamente , mas o alívio é enorme e o aprendizado ficou)

 

~Enfim, 2015 foi um ano maravilhoso, cheio de desafios e oportunidades de viver sonhos. Digo que foi uma preparação e estou muito feliz.

Adorei a postagem, e bora 2016 com mais alegrias 😀

12191717_10207450342518984_5470877887559865017_n

 

 

Meu encontro com Meg Cabot

Riiiiio Outubro 015

3h da matina – Acordei! Não consigo mais dormir. O ônibus sai às 4h40m. Medo de perder a hora.

4h da matina – Tomar café correndo. Minha mãe falando que não precisa correr (não preciso mesmo). Medo de perder a hora.

5h e alguma coisa – Na Dutra. Motorista, será que pode correr mais? To nervosa!

7h30m – CHEGUEI!!! Desci correndo do busão. Corri até o ponto de táxi.

– Táxi? – Perguntaram pra mim.

– Sim. – Respondi ansiosamente.

– Qual bairro?

– Botafogo. – E fui! Partiu?

7h50m – Corre para achar o local!! Dei a volta no quarteirão pelo lado de fora (conselhos do guarda-super-simpático). Na curva, uma folha colado na parede: Fila para Meg Cabot (setinha indicando pra onde ia)!!

Corri. Duas moças para mim: “Corre não, dá tempo!”

E uma Priscila super sem graça.

Cheguei! UFA!! Uma fila imensa (e eu com medo de ficar sozinha HAHAHA). Umas meninas contando as pessoas, fui a número 87. Pisquei o olho e uma fila cresceu atrás de mim. E é, fiz amizades.

Fila formada às 7h50m da manhã.

Fila formada às 7h50m da manhã.

Duas horas depois, a fila andou, senha presinha no meu pulso. UEBA!!

Riiiiio Outubro 003

Entramos e fomo direto para o Starbucks. Fomefome! Tudo muito gostoso e perfeito pra um dia histórico.

Demos um mini rolezim no Shopping e uns amigos-novos foram para seus afazeres e fiquei andando somente com a Clara. Escrevemos uma cartinha pra Meg (ooo fofura), cartinha essa que necessitei do help da minha madrinha-professora-de-inglês.

Riiiiio Outubro 016

Almoçamos no Viena. “Uau, que bolinho de carne com molho barbecue foi aquele?” Em seguida, precisamos de um make pra ficar linda para ver a Meg J

Fomos na “Contem 1g” e pedimos para passar uma base, pela super simpática Priscila. Chegamos na MAC e fomos atendidas pelo fofo do Pedro, que nos ajudou a completar o make. Lindas já, entramos em várias lojas e eu comprei o jogo para XBOX que queria a dois anos OMG!!

Então, partiu Meg Cabot?

16h – Tô nervosa. Tensa. Chega logo, Meg diva.

16h30m – Forma-se uma fila. Pernas bambas.

Galera top que conheci lá aguardando o autógrafo

Galera top que conheci lá aguardando o autógrafo

17h – Cadê ela? Era para chegar agora!

17h20m – CHEGOU! Gritei! Chorei! Anda filaaaaa….!!! Fiquei correndo igual louca gritando ‘MEEEEGUIIIIII” fazendo um Snap que não pegou. Seguranças tentavam nos conter, mas a emoção de ver a ídola literária era maior. ficava o tempo todo indo atrás, era meio surreal ela ali pertinho de mim.

Riiiiio Outubro 032

Ganhamos tiarinhas de princesa mega fofa 🙂

17h30 – E a fila começa a andar!! AIAIAIA
IAIAAAAAAI!!!!!

18h e alguma coisa – Só tem uma pessoa na minha frente. Sou a próxima. Chorei de verdade. É a minha vez 😀

Caminhei até ela. Ela sorria. A abracei no embalo OMG 😮 no inglês engasgado. Emendei o It´s a dream e ao entregar os livros apontei para o Ela foi até o fim e disse:

– I wanna a movie.

– Oh thank you. – Disse ela sorrindo fofamente.

Conversamos por mais uns segundos (ela dizendo coisas que eu não entendia, mas fingi que sim e sorria) pousamos para a prosperidade (eu com meu sorrisão). A abracei novamente e saí saltitante. Saí apenas porque tinha que dar a vez para a próxima. Minha real vontade era puxar uma cadeirinha e ficar sentada lá.

Abracei Clara chorando (as duas), despedi do povo sem acreditar quem eu tinha acabado de conhecer.

Livia chegou para me buscar, rindo porque eu chorava (mas de forma fofa, muuuito fofa). Liguei para minha mãe a fim de contar as novidades. E fui comer um hambúrguer divino com minha amiga-irmã.

Passamos no banheiro e tirei fotos com meninas da fila-que-não-tinha-conversado no espelho.

1h da matina – Estava acordada-super-acesa na casa da Livia batendo altos papos.

Dia perfeito?

Impossível não ser.

Quero mais.

11220483_10153610639245609_6480054801455323525_n

E e ela, muito diva!