Sobre falar de moda | BEDA#12

marketing-digital-para-moda

Quando criei o blog, quase um ano atrás, eu pensei em vários temas para colocar aqui, e moda era um deles. Eis que, até hoje, nunca falei sobre isso. A verdade é que comecei a me interessar pelo assunto a uns anos atrás, a fuçar a internet sobre blogs e perfis de moda no Instagran. Super curti, achava o máximo ver os looks, as novidades e as combinações. Só que aconteceu que de repente tudo começou a me causar um certo desconforto. Bem, falar sobre moda na minha humilde opinião era divertido, explorar as novidades e o que você pode fazer com aquelas muitas peças. Só que não é bem assim que tenho visto por aí.

A verdade é que quanto mais eu procuro o assunto moda mais eu encontro ditaduras da beleza. Ui! Que termo forte! Mas Augusto Cury foi bem implacável quando colocou esse título. Eu meio que fico cansada de ver as meninas falando o que deve e o que não deve usar. Não quero ser antiética pra falar do trabalho do outro, mas, caramba, como assim dizer que eu não posso usar determinada peça?

O que eu mais tenho gostado da moda ultimamente é a diversidade. O eu poder combinar estampas diferentes e cores. Essa liberdade de ser você mesma. Então qual é de ficar ditando o que eu posso ou não posso?

Tá bom, eu concordo plenamente que determinados cortes e modelos deixam mais elegante, deixam mais gorda/magra, alta/baixa, que valorizam tal parte do corpo e muitos blablablas. Sei disso. Mas e se eu não me importar com isso? Acho legal saber quando eu quiser aparentar alguma coisa, ok. Pronto!

Sinceramente, vi uma vez dizendo que baixinhas não podem usar XYZ porque elas aparentam ser mais baixas do que já são. Alo-ou! E se eu quiser ficar baixinha? Adoro ser pequena, combina com meu jeito de ser e ponto! O dia que eu quiser parecer mais alta uso essas dicas. Cheguei a ler que depois dos 30 tinha que jogar XYZ na lata do lixo. Não quero, ué. Eu gosto dessa peça.

Só acho que a gente tem que saber os momentos certos. Não vou trabalhar vestida de frufrus pois sei que não vão me dar crédito, preciso impor certo respeito. Mas eu não trabalho fora 24hs por dia, né.

Desabafos a parte, sangue fervendo e bem cansada disso tudo gosto de dizer que o legal de falar de moda é a capacidade de ousar. Seu look diz muito de você, a roupa que você usa pode dar cola do que está passando, sentindo e até de quem é. Cada um tem seu jeito, seu estilo e de fato precisamos respeitar mais. Dar uns toques é legal, ajuda bastante, obrigada, mas cada um segue sua moda como sua cabeça pede.

Tem gente que tem seu próprio estilo, tem gente que não esquenta cabeça pra moda. E aí? Já conversou com ela?

Obrigada minhas amigas blogueiras de moda pelas dicas, respeito o trabalho de cada uma de vocês e curto bastante os looks, pego ideias e talz, mas, por favor, não ditem regras pra mim #migasuaruim

Meu blog vai falar de moda, sim! Dicas e peças pra quem quiser se inspirar, ousar. E nada caro, ok! Estamos em crise rs…

Aguardem posts de moda

Perdoem-me o desabafo, agora estou preparada para falar sobre moda.

Obrigada

De nada

beda

 

Anúncios

Minhas maquiagens Cruelty Free

Hoje é dia de mostrar todas as minhas maquiagens que não foram testadas em animais. Um pouco triste pois tenho muitas que não se encontram na lista de Cruelty Free. Mas devagar vou substituindo.

Aproveitei e contei duas histórias/ relatos pessoais sobre maquiagens que testam em animais que uso faz tempo e não curti. Bom pra refletir que produtos não Cruelty Free não são necessariamente melhores. E sempre pensando no bem dos nossos animaizinhos 🙂

Curtam o vídeo e pensem bem antes de comprar!

 

Beijinhos de chocolate

Meus produtos Cruelty Free (vídeo)

Bem, como havia prometido, mostrei neste vídeo quais os meus produtos que já tenho aqui em casa que não foram testados em animais. Estou muito feliz em saber que já faço escolhas cruelty free no meu dia a dia. Espero que gostem e surpreendam com as marcas que constam na lista de cruelty free!!

Curtam o vídeo 😉

 

Links:
Lista da PEA: http://www.pea.org.br/crueldade/teste…
Minha história com o Cruelty Free: https://cariocadointerior.wordpress.c…
Artigo do Blog CACHEIA!: http://cacheia.com/2015/02/precisamos…
Artigo do blog da Fabi (explica como são feitos os testes n’O Boticário): http://fabbi-blog.blogspot.com.br/201…

 

Beijinhos de chocolate